Posted on

Um ato no mínimo heroico e inusitado foi protagonizado pelo subtenente Bombeiro Militar, Jasse James, no município de Limoeiro do Norte, área de abrangência da 2ª Cia. De bombeiros, pertencente ao 4º Grupamento de Combate a Incêndios e 4º Batalhão de Bombeiro de Iguatu. Numa atitude proativa e corajosa, Jasse James enfrentou sozinho um foco de incêndio em um matagal no bairro Expedito Diógenes, próximo à escola, Paulo Wagner.

De acordo com o tenente-coronel, Nijair Araújo, comandante do 4º batalhão de Bombeiros de Iguatu, “Havia uma chamada de incêndio em vegetação na cidade de Jaguaribe, a cerca de 120 km da nossa sede do quartel mais próximo, além disso, a guarnição estava atendendo a outro chamado, na cidade de Russas”, informou. Ainda conforme o comandante Nijair, o militar pediu apoio à prefeitura, solicitando um carro-pipa, e combateu o incêndio, sozinho, por quase 3h, debelando as chamas. “São atitudes assim que orgulham qualquer comandante”, comentou Nijair Araújo.

A ocorrência foi registrada no dia 17 de agosto, por volta das 15h. Jasse James informou que recebeu o pedido de socorro de populares, sobre um incêndio em vegetação, em uma aérea próximo a uma escola. “Fui até o local. Confirmada a ocorrência, de imediato entrei em contato com a unidade do Corpo de Bombeiros de Limoeiro do Norte, pois é a que atende a Região do Vale do Jaguaribe, mas fui informado que a guarnição, estrava em outra ocorrência na cidade de Russas, só poderia nos atender no término dessa ocorrência. Diante desta situação, entrei em contato com o chefe da Defesa Civil do município, Miguel Maia, solicitando um caminhão-pipa, sendo prontamente atendido.

Ainda conforme Jasse James, com a ajuda de populares e funcionários do proprietário do terreno, com o auxílio de um trator, houve o combate ao incêndio, evitando assim que se propagasse e atingisse uma grande aérea de vegetação e chegasse a várias residências. Jasse James tomou as iniciativas e decisões de como atuar na operação, (sozinho), pois era o único bombeiro militar atuando na ocorrência.

Segundo relatou o próprio ‘bombeiro solitário’, foram gastos na operação cerca de 15 mil litros de água. O fogo atingiu uma área de quase 50 hectares de vegetação. Indagado como se sentiu diante de tão grande responsabilidade em combater praticamente sozinho, tamanho sinistro, o subtenente responde que “É uma atividade que já estamos acostumados a fazer, claro que estando só a responsabilidade e os riscos são bem maiores, mas graças ao bom Deus correu tudo bem”, finalizou.

Perfil

Jasse James, 47, é bombeiro militar há 26 anos. Ao longo deste período acumulou muita experiência trabalhando na corporação e compartilhando muitas tarefas de combate a incêndios com os colegas de corporação.

O nome inusitado ‘Jasse James’ foi escolha do pai dele, João Gomes, inspirado nos heróis dos filmes de faroeste dos anos 70.

O post Bombeiro solitário evita tragédia de incêndio em matagal apareceu primeiro em Jornal A Praça.