Posted on

Estudar, aprender e aplicar. É um mantra da vida de Arthur Pereira Sales, 27, jovem da cidade de Cariús, que não mede obstáculos para vencer na vida tendo como ferramenta os estudos. O mais recente sucesso foi sua aprovação na seleção de doutorado pela Universidade de Pécs, na Hungria, pelo Programa Stipendium Hungaricum, com bolsas de estudos.

Mestre em Economia pela UFC e professor substituto da UECE, Arthur fez seu bacharelado em Ciências Econômicas na Universidade Regional do Cariri (URCA) – Unidade Descentralizada de Iguatu (UDI). Arthur é o primeiro aluno egresso da UDI a fazer uma pós-graduação internacional.

Com boa parte de seu ensino regular feito em instituições públicas, o cariuense, filho criado por mãe adotiva, carregava desde cedo o sonho de ser doutor. “É uma realização conquistar essa aprovação. Sempre quis ser doutor. Mas nunca tive real noção da dimensão. Só ouvia falar que isso era para médico e advogado. Só depois de formado que tive a real noção. Mas hoje penso que ser doutor é desenvolver pesquisas de alto renome, mudar um pouco a visão do que se pensa em termos de educação no país e acima de tudo alegrar minha mãe e dar esse orgulho a ela”, contou.

Arthur deve passar por uma jornada de quatro anos até concluir o seu doutorado –

Para postular o doutorado, Arthur teve que aprender inglês e defender o projeto. “Foi uma surpresa boa. Não tenho fluência, mas consegui estudando um ano a língua. Cada etapa era uma vitória envolta a muita ansiedade”, destacou.

Objeto de estudo

Seu projeto de doutoramento inscrito no doutorado “Economic Shocks and Environmental Indicators: evidence from Brazilian municipalities” tem por objetivo medir o crescimento econômico através da luz noturna e sua relação com a degradação ambiental no Brasil. “Envolve uma análise feita por um software de luz noturna que mede os níveis de impactos ambientais nos municípios brasileiros”, explicou.

O doutorado foi um processo de aprovação que durou de novembro de 2019 a julho de 2020. “Como sou ansioso, foi uma jornada tensa, porém gratificante, que envolveu documentação, entrevista e prova”, contou.

Em setembro Arthur vai para a Universidade de Pécs, uma das mais antigas e tradicionais da Hungria, fundada em 1367. Lá ele cumprirá uma temporada de quatros anos. A principal missão do programa em que Arthur foi aprovado é de aumentar o número de estudantes estrangeiros na Hungria e incentivar as instituições de ensino superior húngaras a atrair os melhores estudantes estrangeiros. O programa é gerenciado pela Fundação Pública Tempus.

O post Cariuense Arthur Pereira Sales é aprovado em doutorado na Hungria apareceu primeiro em Jornal A Praça.