Posted on

A construção civil é uma indústria que gera grande valor a sociedade, que através de números expressivos, vem ganhando grande representatividade e investimentos no mundo atual.

O que leva ao fato de ser um dos grandes setores contribuintes com os índices de desperdício do setor. Podem influenciar desde o descarte incorreto de entulhos, quanto ao orçamento de obra.

Segundo Josué Eraldo da Silva, criador da construtora Jacitara de Indaiatuba, é importante que uma construtora compreenda a importância de medidas sustentáveis para que não afete um orçamento, que acaba por exigir retrabalho, atrasar a entrega do projeto e alterar a qualidade do serviço.

Por fim, no esboço final a ser apresentado (layout) é importante adotar estratégias que proporcionem um canteiro de obras com uma logística impecável. De acordo com Josué Eraldo da Silva, a ocorrência de deslocamentos desnecessários de materiais que podem atrapalhar o desenvolvimento de qualidade de uma obra.

É essencial visualizar o canteiro de obra estrategicamente. A logística é uma das práticas mais necessárias diante o processo. É preciso conhecer as melhores práticas para obter eficiência energética nos diferentes estágios da obra também contribui para uma edificação sustentável desde a sua concepção.

Conquanto, os desperdícios de mão de obra merecem soluções que reduzam os problemas na construção civil. É importante assegurar que a mão de obra trabalhe com otimização de tempo e entrega de qualidade, é essencial garantir a logística e o gerenciamento adequados.

Para Josué Eraldo da Silva, um canteiro de obras deve ser pensado para máxima otimização de deslocamentos e manuseios.

É importante que a rotina seja bem estratégica, como a localização de banheiros, refeitórios e materiais de utilização constante deve ser pensada com praticidade.

Vale ainda investir no treinamento da equipe e focar na solução a fim de que desvios na gestão sejam controlados, assim como as perdas de mão de obra e materiais.

As tecnologias móveis são excelentes ferramentas para auxiliar na organização das obras. Portanto, devem fazer parte dos caminhos possíveis para redução de desperdícios e seus impactos decorrentes.

Quando existe um bom trabalho de gestão de obra, muitos imprevistos podem ser evitados ou amenizados. É por isso que agir estrategicamente é essencial.

Como forma de reduzir desperdícios de materiais está sobre optar por métodos de cálculo sobre demandas. Com isso, é possível acompanhar rigorosamente o andamento da obra e do planejamento, bem como realizar o cálculo sobre os materiais necessários para cada etapa, evitando sobras.

O uso de tecnologias podem auxiliar um projeto, essas ferramentas melhoram o acompanhamento das obras, aumentando taxas de produtividade e qualidade, com uma redução proporcional de custos.

Deixe uma resposta