Posted on

“E eu odeio Química. Química. Química”, o trecho da música da banda de rock Legião Urbana em nada traduz o sentimento dos mais de 40 mil seguidores do perfil na rede social intitulado “Químico Curioso”. Mantido pelo professor Jonathas Lopes, 32, a proposta da página nasceu do desejo de levar conhecimento científico para o maior número de pessoas possíveis.

No Instagram e no YouTube, o professor, licenciado em Química pelo IFCE Campus Iguatu, busca sempre levar conteúdos atualizados e de interesse do público. Assuntos do cotidiano é um dos chamarizes. “Um outro foco que tenho com a página é auxiliar em dúvidas sobre química, dar dicas, criar mini resumos de estudos, além de tentar ao máximo desmistificar a ideia de que a química é algo difícil – o conteúdo – e distante em nossas vidas”, disse.

O alcance das publicações já rendeu convites para palestrar em eventos a nível regional, estadual e nacional como o I Congresso Online Nacional de Química-CONDEQUI e Ciclo de Palestras de Química – UECE (Fortaleza) e participação de mesa redonda na II Semana da Química da UFCA e I Encontro de Ensino de Química-URCA.

Jonathas Lopes não se limita as salas de aula e leva seu conteúdo para as redes sociais – Foto Divulgação

Hoje com 47.500 seguidores, ele fez a primeira publicação de maneira despretensiosa há dois anos e meio. Mantendo perfil sozinho, Jonathas dedica as publicações a sugestões e até de colaboração dos seguidores. “A página é aberta a sugestões e participação de todos. Sempre que converso com o público, digo que a página existe para os seguidores e sugestões de temáticas serão sempre bem-vindas. Os seguidores são muito participativos nos comentários e via direct e sempre interajo com o público respondendo e trocando ideias nesses espaços”, explicou.

Uma outra forma de interação muito efetiva é via storie, que de segunda a sexta, o ‘quimiquiz’, um Quiz com questões e posteriormente resoluções, servem como treino para quem está em preparação para prestar ENEM, vestibulares ou concursos.

O conteúdo que mais chama atenção e alcança o maior número de seguidores está relacionado às reações químicas. Muitos comentam nunca terem tido a oportunidade de realizar aulas práticas na escola ou faculdade e por meio das publicações e roteiros dos experimentos, podem ter a experiências pelo menos de forma virtual. “Outro tipo de publicação que amplia o engajamento da página são os mapas mentais e dicas rápidas de conteúdo, ainda mais em tempos de pandemia em que muitos estão se preparando em casa para os processos seletivos”, acrescentou.

Disciplina carregada de estigmas, o professor do ensino básico atuando hoje na Região do Cariri sente que de alguma maneira a pedagogia adotada fez com que ela ganhasse a simpatia maior no meio. “A forma como abordo os assuntos na página é pensada para fazer com que o público aprenda algo novo de uma forma mais leve e divertida, por isso, em diversas publicações, trago os conteúdos por meio de memes, imagens ilustrativas e até cantadas nerds e piadas, que facilitam a compreensão do assunto em questão”

Perfil

Jonathas Lopes Ferreira, 32, é licenciado em Química, professor de Química, criador da página @quimicocurioso no Instagram, YouTuber e palestrante. Atualmente leciona na educação básica em turmas de ensino médio na E.E.E.P. Otília Correia Saraiva localizada na cidade de Barbalha-Ce. Tem como formação acadêmica a licenciatura em Química pelo IFCE Campus Iguatu / Esp. em Tecnologia da Informação Comunicação – UCAM-RJ.

Instagram @quimicocurioso
Youtube youtube.com/quimicocurioso

O post Professor ‘viraliza’ nas redes sociais divulgando a ciência apareceu primeiro em Jornal A Praça.