Posted on

Uma mulher de 24 anos foi estuprada por um pastor durante um suposto exorcismo. O caso foi registrado na Colômbia, em 2019, mas somente agora o Ministério Público divulgou as informações por meio do Twitter.

O líder religioso convenceu a vítima de que ela estava possuída e que ela deveria realizar um exorcismo e durante o ritual, ele abusou sexualmente da jovem. Durante o ritual, o pastor usou óleos e também fez algumas orações, em seguida estuprou a vítima.

“O HOMEM, APARENTEMENTE APROVEITANDO-SE DA SUA CONDIÇÃO DE GUIA ESPIRITUAL, SALIENTOU QUE A ÚNICA FORMA DE ELIMINAR TAL PRESENÇA SERIA ATRAVÉS DA APLICAÇÃO DE ÓLEOS E ORAÇÕES. APÓS A SUPOSTA SESSÃO, O ACUSADO HOJE TERIA AGREDIDO SEXUALMENTE A MULHER”,

diz o relatório do promotor.

A vítima realizou a denúncia e as investigações foram iniciadas. O líder religioso negou as acusações, mas foi preso no dia 3 de maio deste ano.  Agora, as autoridades continuam as investigações para averiguar se há mais relatos de mulheres agredidas sexualmente pelo pastor.

Deixe uma resposta